Auto-agendamento a partir dos 20 anos foi adiado e só deve arrancar para a semana

Mais de 2,5 milhões de pessoas, um quarto da população residente em Portugal, auto-agendaram a sua vacinação online desde que a plataforma foi disponibilizada há cerca de três meses. Adiamento do auto-agendamento dos mais jovens foi decidido para evitar que se criassem filas de espera, explica coordenador da task force.

Foto
Rui Gaudêncio

Os jovens a partir dos 20 anos, que estão desde a semana passada a aguardar a abertura do auto-agendamento para a vacinação contra a covid-19, vão ter que esperar mais alguns dias. O calendário que apontava 14 de Julho como data de arranque da possibilidade de marcação online da vacinação para os rapazes e as raparigas a partir dos 20 anos teve que ser alterado e o auto-agendamento apenas deverá abrir na próxima semana, adiantou ao PÚBLICO uma fonte da task force (grupo de trabalho) responsável pela execução do plano de vacinação. “A ideia, agora, é abrir o auto-agendamento logo a partir dos 18 anos, em vez de ser apenas a partir de 20 anos, todos ao mesmo tempo, e na próxima semana”, explicou. O auto-agendamento está disponível para os jovens a partir dos 23 anos desde o início da semana passada.