Ciborgues, biologia e comunidade num Mexe que completa dez anos a pisar o Risco

O encontro de arte e comunidade estende-se pela primeira vez do Porto até Viseu e Lisboa. De 18 de Setembro até 3 de Outubro, a programação também passará pelo online.

Foto
O britânico Neil Harbisson, a primeira pessoa a ser reconhecida por um Governo como ciborgue dan wilton

A celebrar dez anos de actividade, o Mexe – Encontro de Arte e Comunidade prepara-se para mais uma edição, a sexta, com agenda e datas já definidas. O programa, eclético e multidisciplinar, ainda que com as incertezas inerentes à pandemia, foi divulgado nesta segunda-feira, com uma novidade: entre 18 de Setembro e 3 de Outubro, o cartaz do evento portuense estende-se até Lisboa e Viseu. O mote para este ano é O Risco. 

Sugerir correcção
Comentar