Porto Santo: a ilha que conseguiu salvar o Verão

Quase sem covid, Porto Santo regista uma taxa de ocupação que “ronda os 100%” ao mesmo tempo que tenta travar fuga de plástico para o oceano. Quando tudo acalmar, virá o tempo das residências artísticas para trabalhar com a comunidade e a partir dela.

Foto
Maurício Pestana Reis e Cecília Vieira de Freitas, co-directores da Porta 33, que acaba de abrir espaço de cultura e residências artísticas em Porto Santo Carolina Vieira

A expectativa é grande em Porto Santo. Quase sem covid-19, os cinco mil habitantes partilham a ilha com uma média de 20 mil veraneantes. Procurando manter o equilíbrio entre a natureza e a acção humana, a comunidade assume o compromisso de travar a fuga de plásticos para o mar.

Sugerir correcção
Ler 7 comentários