Quase 4 milhões de portugueses proibidos de circular na rua depois das 23h

A decisão anunciada esta quinta-feira afecta 45 concelhos, onde vive cerca de 40% da população. Constitucionalistas voltam a dividir-se sobre a cobertura constitucional dada ao Governo (sem estado de emergência), mas Marcelo está do lado de António Costa.

Foto
A ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva, na conferência de imprensa após o Conselho de Ministros LUSA/ANTÓNIO COTRIM

A partir desta sexta-feira, quase quatro milhões de portugueses passam a estar proibidos de circular na via pública depois das 23h, sem excepções – e o Governo admite que número possa aumentar e apelou a que se “evitem comportamentos de risco”. A nova restrição foi um dos recuos decididos ontem em Conselho de Ministros, que anunciou também a explosão do número de concelhos em nível de risco muito elevado: de três concelhos, o país passa a ter 19 concelhos em risco muito elevado de transmissão de covid-19. No total, o recolher obrigatório afectará 45 concelhos: 26 em risco elevado e 19 em risco muito elevado.

Sugerir correcção
Ler 9 comentários