Covid-19. Duas mortes e 973 novos casos — há mais de três meses que não havia tantos novos casos

Há ainda 346 pessoas hospitalizadas em Portugal, mais seis do que na véspera. Dessas, 79 encontram-se em unidades de cuidados intensivos, mais dois.

Portugal registou na segunda-feira duas mortes e 973 novas infecções pelo novo coronavírus, de acordo com o boletim da Direcção-Geral da Saúde (DGS) divulgado nesta terça-feira. Desde o dia 5 de Março que não se registavam tantos casos diários, quando foram reportados 1007. Entre os novos casos, cerca de 64,6% dizem respeito à região de Lisboa e Vale do Tejo. 

A faixa etária dos 20 aos 29 anos é a que soma mais casos esta terça-feira: 114 homens e 103 mulheres contraíram o vírus, num total de 217 infecções. Segue-se a faixa dos 40 aos 49 anos, com 195 casos (84 homens e 111 mulheres), e destaca-se, ainda, a faixa dos 30 aos 39 anos com 172 casos (93 homens, 78 mulheres e uma pessoa de sexo desconhecido).

Os internamentos continuam a subir. No total, há ainda 346 doentes hospitalizados em Portugal, mais seis do que no dia anterior, dos quais 79 estão em unidades de cuidados intensivos, mais dois.

Nas últimas 24 horas registaram-se quase tantas recuperações como novas infecções. Há 881 pessoas recuperadas nesta terça-feira, num total de 816.503. As duas vítimas mortais eram homens, um com idade entre os 70 e 79 e outro com mais de 80 anos. Os óbitos foram registados na região Norte e em Lisboa e Vale do Tejo.

Desde o início da pandemia, em Março de 2020, o país soma 859.045 casos confirmados e 17.049 vítimas mortais. Há 25.493 casos activos de infecção, mais 90 do que no dia anterior, e 32.205 contactos em vigilância pelas autoridades, mais 1830 do que no último balanço.

Lisboa e Vale do Tejo com mais de metade dos novos casos

A região de Lisboa e Vale do Tejo permanece aquela com a fatia maior de novas infecções. Foram contabilizados 629 novos casos — o que corresponde a cerca de 64,6% do total em Portugal.

Seguem-se o Norte com 147 infecções, o Centro com 89, Algarve com 36, e o Alentejo com 32. A Região Autónoma dos Açores soma mais 28 casos e na Madeira foram registadas mais 12 infecções.

Segundo o relatório da DGS, já morreram de covid-19 8954 homens e 8095 mulheres, tendo 11.195 idades acima dos 80 anos, o que corresponde a cerca de 65,6% do total.

A matriz de risco — que marca o compasso do desconfinamento pelo cruzamento da incidência do vírus com o índice da transmissibilidade, o R(t) — é actualizada às segundas, quartas e sextas-feiras. Os dados da última actualização mostram que o país está na zona amarela. O R(t) encontra-se nos 1,09 a nível nacional e 1,10 no continente. Já a incidência a 14 dias por cem mil habitantes é de 84,5 casos a nível nacional e 83,4 no continente.