Eriksen caiu inanimado no relvado. UEFA diz que está “estabilizado” e jogo foi retomado

Jogador dinamarquês foi socorrido ainda no campo e saiu de maca alguns minutos depois. Jogo foi suspenso mas será retomado às 19h45. Atleta foi encaminhado para o hospital e a UEFA diz que está estabilizado.

euro-2020,futebol,desporto,futebol-internacional,
Fotogaleria
Eriksen rodeado pelos colegas de equipa Reuters/WOLFGANG RATTAY
euro-2020,futebol,desporto,futebol-internacional,
Fotogaleria
Eriksen assistido pela equipa médica dinamarquesa LUSA/Friedemann Vogel / POOL
euro-2020,futebol,desporto,futebol-internacional,
Fotogaleria
Eriksen assistido pela equipa médica dinamarquesa Reuters/WOLFGANG RATTAY
euro-2020,futebol,desporto,futebol-internacional,
Fotogaleria
Eriksen assistido pela equipa médica dinamarquesa Reuters/WOLFGANG RATTAY
Fotogaleria
O desespero dos jogadores da Dinamarca LUSA/Liselotte Sabroe
Fotogaleria
Os adeptos apreensivos no estádio Reuters/JONATHAN NACKSTRAND

Christian Eriksen, jogador da selecção da Dinamarca, de 29 anos, caiu inanimado no relvado durante o jogo entre a Dinamarca e a Finlândia do Euro 2020 e foi socorrido em pleno relvado pelas equipas médicas.

Corria o minuto 43 da partida entre as duas selecções escandinavas quando Eriksen, médio de 29 anos, na sequência de um lançamento de linha lateral, caiu de forma fulminante no relvado do estádio.

As equipas médicas foram prontamente chamadas para assistir o internacional dinamarquês e foi de imediato perceptível a gravidade da situação.

Os médicos começaram de imediato a realizar manobras de reanimação e continuaram em campo a prestar assistência ao jogador que actua no Inter de Milão.

Entretanto, os jogadores da Finlândia recolheram aos balneários e a equipa de arbitragem também.

O jogador saiu do relvado, de maca, rodeado pelos companheiros de equipa e com um pano a cobrir a saída do internacional dinamarquês.

Entretanto, a UEFA anunciou que o jogador foi encaminhado para o hospital e que, neste momento, está estabilizado.

Há mesmo uma imagem que mostra Eriksen de olhos abertos no momento em que sai do relvado. 

A federação dinamarquesa de futebol também informa que Eriksen vai ser sujeito a uma bateria de exames e que haverá nova actualização do estado de saúde de Eriksen às 19h30.

Foto
A saída de Eriksen o relvado Reuters/FRIEDEMANN VOGEL

Entretanto, a UEFA anunciou inicialmente que a partida estava suspensa devido a uma emergência médica para depois, após uma reunião com os jogadores de ambas as selecções, decidir retomar a partida às 19h45, sendo concluído o tempo de jogo que faltava até ao intervalo. Este é que terá apenas cinco minutos.

Enquanto isso, o speaker do estadio diz para as pessoas ficarem nos lugares até haver mais informação.

FPF manifesta solidariedade

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) reagiu ao episódio expressando a sua solidariedade a Christian Eriksen.

“Gostaríamos em nome da FPF e da selecção nacional de expressar a nossa mais profunda solidariedade ao jogador Christian Eriksen pelos acontecimentos a que todos pudemos assistir com enorme choque e estupefacção durante o encontro realizado, hoje, entre a Dinamarca e a Finlândia. Estendemos a palavra de conforto possível, nesta hora tão difícil, a toda a família do jogador, à equipa nacional e à federação dinamarquesas, desejando ardentemente que o jogador possa recuperar, o mais depressa possível e plenamente, de um infortúnio tão grave como injusto.
Força Eriksen!” Uma eclaração assinada por todos os jogadores da selecção nacional, equipa técnica e comitiva presente em Budapeste.