Barreiro vai criar marca com base no património histórico da CUF para promover cidade

Município, Baía do Tejo e Fundação Amélia de Melo aproveitam a recente classificação de antigos imóveis industriais para dar força à identidade local

Bairro Operário de Sta Bárbara
Fotogaleria
Bairro Operário de Sta Bárbara
Mausoléu Alfredo da Silva
Fotogaleria
Mausoléu Alfredo da Silva
Casa Museu Alfredo da Silva
Fotogaleria
Casa Museu Alfredo da Silva
Edifício Museu Industrial Baía do Tejo - Antiga Central Diesel
Fotogaleria
Edifício Museu Industrial Baía do Tejo - Antiga Central Diesel
Fotogaleria
Rui Gaudencio

O conjunto de antigos edifícios ligados à actividade industrial e à obra social da Companhia União Fabril (CUF) recentemente classificado de interesse público, pela Direcção-Geral do Património Cultural (DGPC), vai ser aproveitado para uma nova marca de promoção do Barreiro, revelaram ao PÚBLICO as entidades envolvidas.