Uma Europa mais ambiciosa não é só questão de líderes

A falta de ambição na Europa não é só uma questão de liderança: é também, e sobretudo, uma questão do grau de exigência que a cidadania europeia impuser a essa liderança.

Proponho que comecemos por ler um tweet de Yolanda Díaz, ministra do Trabalho de Espanha e líder do Podemos, publicado no Dia da Europa, anteontem, na sequência da Cimeira Social Europeia do Porto e em simultâneo com a abertura da Conferência sobre o Futuro da Europa, ontem: