China suspende acordo de “diálogo económico” com a Austrália e repreende G7

Pequim denuncia “mentalidade de Guerra Fria” de Camberra e critica comunicado dos ministros dos Negócios Estrangeiros do G7 a mostrar solidariedade com Taiwan.

Foto
Xi Jinping, Presidente da República Popular da China Nuno Ferreira Santos

O ambiente de enorme tensão diplomática que tem marcado as relações entre a China e o Ocidente e seus aliados nos últimos meses agravou-se mais um pouco esta quinta-feira. O Governo chinês anunciou a suspensão “por tempo indefinido” de todas as actividades realizadas no âmbito da iniciativa “Diálogo Económico Estratégico China-Austrália” e criticou os países do G7 por declararem apoio a Taiwan, a ilha asiática que é alvo de uma longa disputa de soberania entre Pequim e Taipé.