A Operação Marquês e a justiça modorrenta

A justiça precisa de tempo para acusar, pronunciar e julgar; porém, esse tempo tem de ter em conta o tempo que vivemos

É absolutamente indigno de um Estado moderno, que deve pugnar pela realização do bem público no qual a justiça é um pilar, aceitar que a Operação Marquês iniciada em novembro de 2014 com a prisão de Sócrates precise de todo este tempo para ser proferido o despacho instrutório.