Gap Year Portugal: queres viajar durante dez meses?

Até 4 de Julho, jovens entre os 18 e os 27 anos podem inscrever-se no Gap Year Portugal. Prémio pode ir até aos 6500 euros para quem quiser viajar durante seis a dez meses. A 17 e 18 de Abril realiza-se o Gap Year Summit e os bilhetes já estão à venda.

Foto
Austin Distel/Unsplash

“Dá uma volta ao teu mundo” é o mote da 7.ª edição do concurso Gap Year Portugal. O prémio vai até aos 6500 euros, incentivando os jovens a partirem numa nova aventura, tirando um ano sabático. Os candidatos devem ter entre 18 e 27 anos, com ensino secundário ou superior concluído, e podem inscrever-se aqui até 4 de Julho.

O concurso, financiado pela Fundação Lapa do Lobo, vai financiar um gap year, com a duração de seis a dez meses, e tem como principal objectivo criar novas oportunidades e expandir os horizontes dos jovens. “Normalmente, o que acontece é que mesmo as pessoas que chegam até uma fase avançada do concurso, mas que acabam por não ganhar, vão fazer um gap year. Por isso, diria que o principal objectivo é mesmo dar a motivação extra para as pessoas começarem a planear os seus gap years e tornar o plano uma realidade”, acrescenta Joana Dâmaso, presidente da Gap Year Portugal.

Os candidatos devem ter concluído o ensino secundário. O concurso viabiliza o financiamento de um ou dois viajantes; uma candidatura individual recebe 5000 euros, uma dupla recebe 6500 euros.

De acordo com o regulamento, os participantes devem organizar um plano detalhado do seu gap year, com os objectivos, interesses, lugares e experiências em que gostariam de estar envolvidos, bem como o orçamento.

A 17 e 18 de Abril, das 9h30 às 17h, acontece o Gap Year Summit, que este ano se realiza em formato online, “um evento de dois dias, com palestras e workshops, com muita inspiração, que tem esse objectivo de capacitar os jovens com aquilo que eles precisam para planear o gap year da melhor forma”, continua Joana Dâmaso. Os bilhetes estão à venda na Bol, onde será, também, feito o streaming do evento, e custam 15 euros (um dia) e 18 euros (passe para os dois dias).

Texto editado por Ana Maria Henriques