Moedas em contactos para incluir IL e Aliança na coligação PSD/CDS

Ex-comissário europeu poderá liderar uma frente de direita contra Fernando Medina em Lisboa — só o Chega deverá ficar de fora. Objectivo da candidatura é “libertar Lisboa do socialismo”.

Foto
Carlos Moedas está a tentar criar uma frente de centro-direita em Lisboa Nuno Ferreira Santos

O candidato do PSD e do CDS à Câmara de Lisboa, Carlos Moedas, está a fazer contactos para tentar alargar a coligação dos dois partidos a uma frente de centro-direita que irá disputar as eleições com o socialista Fernando Medina. É nesse sentido que se enquadram as conversas com a Iniciativa Liberal (IL) e também com o partido Aliança, podendo, ao que o PÚBLICO apurou, abranger ainda o Partido Popular Monárquico (PPM) e o Movimento Partido da Terra (MPT). Depois de uma primeira conversa “franca” entre o líder da IL e o ex-comissário europeu, ficaram agendados novos contactos.