Esta casa foi feita por uma impressora 3D

A maioria das casas é construída bloco a bloco, ou tijolo a tijolo. Mas uma casa modelo em Calverton, Nova Iorque, foi erguida scan a scan - as paredes foram feitas com uma impressora tridimensional gigante.

A casa foi erigida pela empresa de construção SQ4D, para mostrar novas possibilidades ao público e à indústria. Agora a empresa está a vender uma casa, ainda por construir, na cidade vizinha de Riverhead, que foi colocada à venda no site Zillow por 299 mil dólares (cerca de 246 mil euros). 

Com uma garagem separada, a casa terá cerca de 130 metros quadrados. Os rodapés, fundações e o chão, juntamente com as paredes, serão inteiramente feitas com a impressora 3D. "Ordenamos a máquina a dar a volta e seguir a planta de cada andar à medida que passamos. Estamos constantemente a construir", conta Kirk Andersen, o director de operações da SQ4D, à Reuters.

Andersen e os seus colegas tiveram de conceber e construir a sua própria impressora para realizar o seu sonho do tamanho de uma casa. "Pegámos na ideia de uma impressora de secretária de plástico 3D e quisemos torná-la muito maior e cuspir betão", diz Andersen. "Colocámos pistas em cada lado da estrutura onde planeamos imprimir. Montamos o nosso pórtico gigante, a nossa impressora de grande escala vai e vem, manuseando estas camadas uma a uma, construindo todas as suas paredes".

Para imprimir as paredes foram precisas 48 horas, parte de um processo global de oito dias para construir a casa inteira. Isto é significativamente mais rápido e cerca de 30% mais barato em geral do que uma casa construída utilizando os métodos de construção tradicionais, diz, em que os trabalhadores precisam de empilhar blocos manualmente. "Nós apresentamos uma impressora. Podemos substituir a mão-de-obra intensiva e trabalhar o betão muito mais rapidamente do que eles podem colocar os tijolos."

Nem toda a gente na indústria da construção está entusiasmada com essa perspectiva, e o projecto tem recebido reacções mistas, com algum cepticismo, em particular por parte dos comerciantes mais velhos. "Penso que as pessoas não estão preparadas para a forma como isto vai mudar a construção", diz Andersen. "Este é o início. Isto está apenas a começar."

Sugerir correcção