“O confinamento veio facilitar uma série de crimes online”. APAV recebeu cinco vezes mais pedidos de ajuda em 2020

Primeiro vieram as mensagens, depois as ameaças, depois o grupo de WhatsApp onde o ex-namorado de Ana enviou fotografias e vídeos íntimos aos amigos e familiares. Em 2020, Ana foi uma das 587 pessoas que ligaram à APAV a pedir ajuda por causa de crimes online.

Foto
A APAV ajuda as vítimas a reaver o acesso das suas contas Paulo Pimenta

“Podes ter os homens todos que quiseres, mas no final serás sempre minha.”

Sugerir correcção
Comentar