Para activistas, o tratamento com pezinhos de lã da multidão pró-Trump contrasta com as tácticas policiais em protestos Black Lives Matter

Advogados de direitos civis e activistas pela justiça social disseram acreditar que se manifestantes negros tivessem invadido o Capitólio dos EUA, as consequências teriam sido imediatas e mortais. “Outra exibição trágica dos nossos dois sistemas de justiça”, defendem.

donald-trump,violencia-policial,estados-unidos,racismo,eua,america,
Fotogaleria
donald-trump,violencia-policial,estados-unidos,racismo,eua,america,
Fotogaleria
Astrid Reicken/The Washington Post by
donald-trump,violencia-policial,estados-unidos,racismo,eua,america,
Fotogaleria
donald-trump,violencia-policial,estados-unidos,racismo,eua,america,
Fotogaleria

Quando Chanelle Helm ajudou a organizar os protestos após o assassinato de Breonna Taylor, a 13 de Março de 2020, a polícia de Louisville respondeu com bastões, granadas de fumo e gás lacrimogéneo. A activista do movimento Black Lives Matter, de 40 anos, ainda tem cicatrizes de balas de borracha disparadas a curta distância.