O VAR outra vez na berlinda

Foi mais uma jornada em que tivemos muitos casos de arbitragem. Nem todas as decisões foram assertivas e se entendemos que isto pode acontecer de forma natural com quem está no terreno de jogo a arbitrar e a decidir no momento, já temos maior dificuldade em entender a questão do videoárbitro (VAR) no que às suas intervenções diz respeito. As estatísticas do Conselho de Arbitragem (CA) da FPF, apontam para uma intervenção e reversão de lances, pela positiva, na ordem dos 92%, mas mais do que a quantidade é ao nível da qualidade da decisão que importa falar.