“Se queremos que as pessoas valorizem a educação, devemos começar por valorizar os professores”

Entrevista a Dirk Hastedt, director-executivo da International Association for the Evaluation of Educational Achievement, o consórcio responsável pelo estudo divulgado esta terça-feira.

Foto
Nuno Ferreira Santos

A relevância social da educação e dos professores na Ásia é parte da explicação para o facto de cinco países daquele continente dominarem os rankings de Matemática e Ciências no relatório internacional TIMSS, divulgado esta terça-feira. “Devemos aprender com eles”, defende Dirk Hastedt, director-executivo da International Association for the Evaluation of Educational Achievement, o consórcio responsável pelo estudo.