Empréstimo lucrativo para o Vitória; contratação desastrosa para o Benfica

“Encarnados” pagaram aos sadinos mais de um milhão de euros pela renúncia de direitos sobre Jhonder Cádiz.

Foto
Cádiz com a camisola do Vitória de Setúbel Miguel A. Lopes/Lusa

A contratação do venezuelano Jhonder Cádiz pelo Benfica à Sanjoanense, em Julho de 2019, foi mais um negócio feliz para o Vitória de Setúbal envolvendo os “encarnados”. O acordo foi mediado por Paulo Gonçalves, ex-assessor jurídico da SAD benfiquista. No total, o clube da Luz pagou 2,750 milhões de euros pela transferência do jogador que se encontrava emprestado aos sadinos e que receberam 1,250 milhões por renunciar aos seus direitos. Cádiz nunca viria a jogar pelos lisboetas.