Exército admite atrasos nos Sistemas de Combate do Soldado com segundo chumbo do Tribunal de Contas

Militares convictos de poder recuperar o tempo em 2021, num programa plurianual que dura até 2026.

joao-gomes-cravinho,exercito,forcas-armadas,politica,tribunal-contas,defesa,
Foto
Programa pretende equipar soldados com fardamentos e equipamento modernos Nuno Ferreira Santos

O Exército admitiu esta sexta-feira ao PÚBLICO atrasos no programa Sistemas de Combate do Soldado após um segundo chumbo do Tribunal de Contas (TdC), desta vez a um concurso para a aquisição de um lote de monóculos de intensificador de imagem. “Esta situação gera um atraso no calendário de entregas que se constitui numa limitação materializada na impossibilidade de disponibilização do equipamento do Soldado”, refere o Estado-Maior do Exército.