Que é feito do meu partido?

Considero necessária a realização de um Congresso Extraordinário do PSD para definição, bem antes das eleições autárquicas e legislativas, da nossa política de coligações e entedimentos. É imprescindível clarificar esta questão de identidade, não do PSD, mas da sua atual direção.

Ainda a propósito do acordo PSD-Chega. Há momentos em que o choque é tão intenso e gera uma repulsa tão grande que, evitando dar margem a qualquer impulsividade, deixamos passar umas horas ou dias na vã esperança de que boas justificações possam ser, entretanto, aportadas. Não foi infelizmente o caso. As justificações entretanto dadas pela direção nacional do PSD adensaram a minha perplexidade e entristeceram-me ainda mais.

Sugerir correcção