A tentação do golpe

Donald Trump “já antes tinha atacado as instituições americanas, mas nunca tão abertamente como nesta madrugada”, escreve Dan Balz no Washington Post.

1. Pouco depois das duas horas da madrugada do dia 4 de Novembro, em Washington, Donald Trump ainda conseguiu surpreender. Com resultados que lhe eram relativamente favoráveis, anunciou uma fraude, exigiu o fim da contagem dos votos e declarou vitória. Seja qual for a perspectiva, uma declaração como esta, pronunciada na Casa Branca, não tem lugar numa democracia, que assenta precisamente no princípio segundo o qual todos os votos são iguais e todos contam igualmente. “Já antes tinha atacado as instituições americanas, mas nunca tão abertamente como nesta madrugada”, escreve Dan Balz no Washington Post.

Sugerir correcção