O que sabemos até agora sobre as eleições presidenciais dos EUA?

Trump declarou vitória quando ainda há milhões de votos por contabilizar e prometeu recorrer ao Supremo Tribunal. Eleição vai decidir-se no Midwest e na Pensilvânia, mas os resultados finais não deverão ser conhecidos nas próximas horas.

Numa altura em que as urnas já fecharam em 50 estados norte-americanos e foram declarados os resultados em 39 deles, eis o que se sabe, até ao momento, sobre as eleições presidenciais dos Estados Unidos, disputadas entre o Presidente, Donald Trump, e o ex-vice-presidente Joe Biden:

  • Joe Biden conquistou, até ao momento, 238 dos 538 “grandes eleitores” do Colégio Eleitoral, ao passo que Donald Trump já assegurou 213 votos. Para vencer a eleição presidencial, um candidato necessita de garantir 270 votos no Colégio Eleitoral.
  • Com milhões de boletins de votos por contabilizar – incluindo votos por correspondência – em vários estados norte-americanos, o Presidente declarou vitória, denunciou “fraude” eleitoral e prometeu levar a eleição ao Supremo Tribunal, para travar a contagem dos votos por correspondência.
  • O Partido Democrata acusou Trump de querer “esvaziar” os “direitos democráticos” dos norte-americanos e prometeu contestar a ameaça do chefe de Estado de recorrer à Justiça.
  • As urnas fecharam em todos os 50 estados e foram declarados resultados em 39. Muitos desses estados admitem contagem dos votos por correspondência até três dias depois da eleição, o que promete arrastar o anúncio do vencedor por vários dias.
  • Os estados do Michigan, Wisconsin e Pensilvânia serão decisivos para o desfecho da eleição, tal como em 2016, mas as respectivas autoridades eleitorais já anunciaram que não vão anunciar os resultados na madrugada desta quarta-feira. Está, portanto, tudo em aberto, e adivinha-se uma luta muito renhida.
  • Joe Biden está próximo de conquistar o Arizona, mas não conseguiu virar o resultado de 2016 nos importantes estados do Texas, Florida e Ohio, conquistados por Trump.
  • O Partido Democrata está na calha para manter a maioria na Câmara dos Representantes, mas será difícil reverter a maioria do Partido Republicano no Senado. Até ao momento, só conquistou um lugar aos republicanos e precisa de um total de quatro. Há seis eleições em aberto.
  • Tudo aponta para a eleição presidencial norte-americana com maior participação em mais de cem anos. Com 68.238.161 voto, Biden já juntou mais votos do que qualquer um dos candidatos de 2016. Os especialistas apontam para a participação de 67% dos eleitores registados.

Acompanhe aqui a cobertura ao minuto das presidenciais nos EUA.

Sugerir correcção