Do bacalhau à sardinha, do surf à arquitectura

Uma análise do ecossistema desenvolvido entre a terra e o mar, através da perspectiva da arquitectura, do ordenamento do território e da construção da paisagem.

Foto
Pretende-se explicar a forma como as dinâmicas marítimas influenciam a construção na terra Tiago Casanova

Esta exposição não é à partida evidente. Uma exposição de arquitectura que nos convida a mergulhar no mundo do bacalhau, da sardinha ou do surf, não é de todo evidente. Com O Mar é a nossa Terra, estamos perante um modelo expositivo diferente das estratégias usualmente seguidas nas linhas de programação dos espaços exclusivamente dedicados a expor arquitectura em Portugal.