Património dá parecer favorável condicionado a obra de hotel da Gandarinha em Sintra

DGPC refere que problemas levantados nos pareceres técnicos de arquitectura, arqueologia e paisagismo “foram corrigidas, enquadradas, esclarecidas e respondidas parcialmente”. Câmara aguarda parecer favorável para retirar embargo da obra.

direccaogeral-patrimonio-cultural,unesco,patrimonio,local,imobiliario,turismo,
Foto
A obra em Abril de 2019 dr

Depois de ter chumbado a obra, a Direcção-Geral do Património Cultural (DGPC) emitiu parecer favorável condicionado ao projecto de alteração da empreitada que transformará a antiga casa da Gandarinha, em Sintra, no Turim Palace Hotel, uma unidade de cinco estrelas. A obra está embargada desde Fevereiro de 2019, depois de a câmara ter detectado “desconformidades” com o que fora aprovado e licenciado. O promotor apresentou então um pedido de licenciamento das alterações feitas relativamente ao projecto inicial, que foi encaminhado para a DGPC para ser apreciado, uma vez que a obra se insere na paisagem cultural de Sintra, classificada como Património Mundial da Humanidade pela UNESCO, e está abrangida pela Zona Especial de Protecção do Castelo dos Mouros, Cisterna e Igreja de Santa Maria.