Pré-publicação

Dois dos capítulos de Filosofia para exploradores polares, de Erling Kagge

Nesta sexta-feira chega às livrarias portuguesas um novo livro do explorador norueguês Erling Kagge, que em 1992/93 foi a primeira pessoa a chegar, sozinha, ao Pólo Sul, após uma travessia de 52 dias a esquiar. Em Filosofia para exploradores polares, o autor de Silêncio na Era do Ruído e de A Arte de Caminhar também editados pela Quetzal, que já escalou o Monte Evereste e alcançou os pólos Norte e Sul a pé, mostra-nos as virtudes de levantar cedo, treinar o optimismo e aprender a estar só. Aqui podem ler-se dois dos capítulos deste livro.

prepublicacao,livro,erling-kagge,culturaipsilon,livros,
Foto
Com os amigos Borge Ousland e Geir Randby (que teve de desistir a meio), Erling Kagge fez uma a expedição ao Pólo Norte, viajando pelo gelo do Árctico, sem qualquer apoio exterior

Levantar de manhã à hora certa é um dos maiores desafios para um explorador polar. Isto é tão verdadeiro hoje como o era no tempo de Ernest Shackleton, Roald Amundsen e Fridtjof Nansen.