Filipinas admitem pedir ajuda aos EUA em caso de ataque da China

Rodrigo Duterte tem ensaiado algumas aproximações à China, mas, em caso de agressão no Mar do Sul da China, o Governo não hesitará em pedir ajuda a Washington, garantiu o ministro dos Negócios Estrangeiros.

Foto
Exercícios militares norte-americanos no Mar do Sul da China, em Julho LUSA/MC3 Cody Beam HANDOUT

O Governo das Filipinas admitiu esta quarta-feira, pela primeira vez, invocar um acordo de cooperação militar com os Estados Unidos e pedir ajuda a Washington caso a China ataque navios filipinos no Mar do Sul da China.