Fotografia

Wildlife Photographer of the Year: um português (e um hipopótamo) entre os melhores do ano

Entre 16 imagens naturalmente impressionantes, finalistas do concurso de fotografia de vida selvagem do ano do Museu de História Natural de Londres, há uma obra do português José Fragozo.

WILDLIFE PHOTOGRAPHER OF THE YEAR/ José Fragozo (Portugal)
Fotogaleria
WILDLIFE PHOTOGRAPHER OF THE YEAR/ José Fragozo (Portugal)

Em 2019, o Wildlife Photographer of the Year já nos tinha dado momentos únicos, como a batalha de dois ratinhos no Metro de Londres ou a foto vencedora da competição, o encontro dramático entre uma marmota e uma raposa

Este ano, a competição, uma importante vitrina do Museu de História Natural de Londres, já começou a destacar algumas das melhores imagens apuradas para a sua 56ª edição — sendo que a inauguração da exposição está marcada para 16 de Outubro.

A competição atraiu mais de 49 mil inscrições de fotógrafos profissionais e amadores provenientes de 86 países. Os vencedores serão anunciados numa cerimónia virtual que será transmitida directamente do museu londrino na noite de terça-feira, dia 13 de Outubro. E já há datas para as inscrições para o concurso 2021: de 19 de Outubro a 10 de Dezembro de 2020.

Entre as fotografias pré-seleccionadas para a presente edição encontra-se uma do português José Fragozo, que captou o momento em que um hipopótamo emerge de uma piscina de lama para respirar. Durante vários anos, José Fragozo, colaborador regular da National Geographic, dedica-se a observar hipopótamos na Reserva Nacional Maasai Mara no Quénia — nesta imagem vemos um remanescente do Rio Mara afectado pela seca. "Os hipopótamos passam o dia submersos para manter a temperatura constante e a pele sensível longe do sol, e à noite emergem para pastar nas várzeas. Em toda a sua distribuição na África Subsaariana, os hipopótamos são vulneráveis ​​aos efeitos combinados do aumento da extracção de água e das mudanças climáticas", lê-se na descrição da fotografia.

WILDLIFE PHOTOGRAPHER OF THE YEAR/Alessandra Meniconzi (Suíça)
WILDLIFE PHOTOGRAPHER OF THE YEAR/Charlie Hamilton James (Inglaterra)
WILDLIFE PHOTOGRAPHER OF THE YEAR/Andrea Pozzi (Itália)
WILDLIFE PHOTOGRAPHER OF THE YEAR/Evie Easterbook (Inglaterra)
WILDLIFE PHOTOGRAPHER OF THE YEAR/Garth Lenz (Canadá)
WILDLIFE PHOTOGRAPHER OF THE YEAR/Gary Meredith, Austrália
WILDLIFE PHOTOGRAPHER OF THE YEAR/Hannah Vijayan (Canadá)
WILDLIFE PHOTOGRAPHER OF THE YEAR/Jaime Culebras (Espanha)
WILDLIFE PHOTOGRAPHER OF THE YEAR/Laurent Ballesta (França)
WILDLIFE PHOTOGRAPHER OF THE YEAR/Makoto Ando (Japão)
WILDLIFE PHOTOGRAPHER OF THE YEAR/Matthew Maran (Inglaterra)
WILDLIFE PHOTOGRAPHER OF THE YEAR/Quentin Martinez (França)
WILDLIFE PHOTOGRAPHER OF THE YEAR/Thomas P Peschak (Alemanha\África do Sul)
WILDLIFE PHOTOGRAPHER OF THE YEAR/
WILDLIFE PHOTOGRAPHER OF THE YEAR/Dhritiman Mukherjee (Índia)
Sugerir correcção