Crianças

Tecnologia à prova de água e resistente às férias

Os aparelhos tecnológicos não são os maiores fãs de água, mas vários exemplos de tecnologia à prova de água para tornar as férias em família mais divertidas ou relaxantes. Desde câmaras para crianças, a motas para acelerar debaixo de água.

familias,verao,ios,kindle,android,agua,
Foto
A tecnologia não é a maior fã de água Daan Stevens

Com as temperaturas a subir, o Verão é altura de excursões com os amigos e a família a lagos e praias, passeios à beira-mar, batalhas com pistolas de água, e fins-de-semana na piscina. A maioria dos aparelhos tecnológicos, porém, não é muito fã da água e nem sempre é boa ideia ter o portátil ou a câmara fotográfica em locais onde possam ser facilmente molhados. Há, no entanto, vários exemplos de tecnologia à prova de água para tornar as férias em família mais divertidas ou relaxantes.

Para acelerar debaixo de água

A Geneinno S2 é uma “mota subaquática portátil” que cabe na mochila e permite a miúdos e graúdos deslizar, sem esforço, na água durante 45 minutos de cada vez. Pode ser usada à superfície ou para explorar até 30 metros debaixo de água a uma velocidade de quatro quilómetros por hora. Vem com um suporte para câmara e uma aplicação móvel que permite monitorizar a distância e velocidade de cada viagem, e partilhar essa informação nas redes sociais.

Este tipo de aparelhos data da Segunda Guerra. Inicialmente foram concebidos para transportar pessoal militar, embora desde a década de 1960 sejam utilizados para fim recreativos.

A aplicação móvel da Geneinno (disponível para Android e IOS) tem um controlo parental que permite aos pais gerir a velocidade e direcção na Geneinno quando os mais novos a estão a usar. Esta “mota” custa 399 dólares (cerca de 356 euros), sem portes incluídos.

PÚBLICO -
Foto
Funciona à superfície ou debaixo de água (até 30 metros) Genneino

Especificações técnicas: Peso: 2,6 kg; Bateria: 97.68Wh; Tempo de carregamento: 1,5-2h; Velocidade máxima: 4,3 km/h;Profundidade máxima: 30 metros; App iOS e Android

Para fotógrafos aquáticos mais miúdos...

A Kidizoom Action Cam da VTech Kids é uma câmara concebida para crianças a partir dos 5 anos. Não é uma novidade (o primeiro modelo foi lançado em 2016), mas continua a ser uma boa hipótese para as primeiras aventuras dos mais novos no mundo da fotografia. Embora as especificações técnicas não sejam fenomenais (os filmes têm uma resolução de 720p), a câmara vem com um suporte para anexar à bicicleta ou ao skateboard, e uma capa que permite tirar fotografias até 1,8 metros de profundidade. A ideia é acompanhar as crianças em qualquer aventura.

A câmara vem ainda com alguns jogos incluídos e um programa de edição no computador para os miúdos experimentarem diferentes efeitos, molduras e filtros nas imagens. Custa cerca de 20 euros.

PÚBLICO -
Foto
Tem um estojo à prova de água VTech Kids

Especificações técnicas: Peso: 649 gramas; Estojo à prova de água; Vídeo 720p; Autonomia: 150 minutos; Memória interna: 128 MB

... E para fotógrafos aventureiros mais graúdos

A Canon Ivy Rec é uma pequena câmara à prova de água que lembra uma pen USB ou um porta-chaves colorido. Dá para prender ao cinto, à mala, aos sapatos e até à bicicleta. Apesar do tamanho pequeno e da falta de ecrã, a câmara é capaz de gravar vídeos em alta definição com uma duração de até dez minutos, tirar fotografias com 13 megapíxeis, e transferi-las facilmente para o computador ou telemóvel via Bluetooth ou wi-fi. 

A câmara aguenta até 30 minutos debaixo de água doce a uma profundidade de até dois metros. Custa 139 euros.

PÚBLICO -
Foto
A câmara lembra um porta-chaves Canon

Especificações técnicas: Peso: 90 gramas; Resolução foto: 13 MP; Resolução máxima de vídeo: (Full HD) 1080p a 60fps, 1080p a 30fps; Estabilização de Imagem; Autonomia (Estimativa): aproximadamente 1000 disparos; Compatibilidade iOS 11 ou superior e Android 5.1 ou superior

Para não ficar sem bateria

Até os power banks com maior capacidade acabam por ficar sem bateria. A não ser que sejam capazes de utilizar os raios de luz solar para carregar telemóveis e pequenos aparelhos electrónicos.

O power bank solar da Addtop vem com três painéis solares e promete carregar telemóveis, tablets e leitores de livros digitais pelo menos quatro vezes antes de precisar de ser carregado (com a luz do sol). Podem-se carregar dois aparelhos de cada vez.

Para evitar acidentes à beira mar ou à beira rio o aparelho vem com uma capa à prova de água e tem uma certificação IP67 o que quer dizer que o aparelho pode estar submerso até um metro durante meia hora. Custa 37 dólares (cerca de 33 euros).

PÚBLICO -
Foto
O aparelho vem com quatro painéis solares Addtop

Especificações técnicas: Peso: 472 gramas; Capacidade: 24000 Mah/88 WhTrês painéis solares; Compatível com telemóveis Android e iOS, tablets, câmaras

Para ler à beira da piscina

Férias são sempre uma boa altura para tentar pôr a leitura em dia. Em vez de encher a mala ou o carro de livros, que se podem estragar ao pé da água, há cada vez mais leitores digitais à prova de água. Um deles é o Kindle Paperweight (129 dólares, cerca de 114 euros), cuja classificação IPX8 significa que consegue aguentar uma hora submerso em água doce a uma profundidade de dois metros. Quem quer escapar aos ecrãs, pode usar o aparelho como um leitor de audiobooks.

PÚBLICO -
Foto
O Kindle Paperweight é resistente a água Kindle

Especificações técnicas: Peso 180-190 gramas; Ecrã: 8 polegadasArmazenamento: 8 ou 32 GB; Resolução: 300 ppi; Luz frontal: 5 LEDs; Certificação IPX8

Passeios de barco sem enjoos

A Reliefband Sport foi um dos aparelhos destacados na edição de 2020 da Consumer Electronics Show (CES), uma das maiores e mais conhecidas feiras de electrónica de consumo. A pulseira da empresa Reliefband promete prevenir náuseas e vómitos provocados por viagens de carro ou de barco e tem o selo de aprovação da FDA, a entidade norte-americana que regula a comercialização de fármacos e alimentos. A Reliefband Sport ainda não chegou ao mercado, mas há várias opções disponíveis que começam nos 99 dólares (cerca de 90 euros). Todas as pulseiras são resistentes à água (podem aguentar salpicos, mas não podem estar submersas prolongadamente) com a mais recente Reliefband Sport a ser mesmo à prova de água. A marca diz que muitos clientes se esqueciam de tirar as pulseiras antes de dar um mergulho e depois ficavam presos num barco, enjoados. 

As pulseiras funcionam através da emissão de pequenos impulsos eléctricos no braço que estimulam o nervo mediano e fluem para o sistema nervoso central. 

PÚBLICO -
Foto
Todas as bulseiras da Reliefband são resistentes a salpicos. A Reliefband Sport (imagem) pode mergulhar Reliefband

Especificações técnicas: Peso: cerca de 108 gramas; 12 x 5 x 3 polegadas; Reliefband Sport à prova de água; Reliefband Classic, Reliefband Travel e Reliefband Premium à prova de salpicos 

Sugerir correcção