Torne-se perito

Médicos queixam-se de “dificuldades” em ligar para números estrangeiros para seguir casos de covid-19

Administrações regionais de saúde não confirmam a existência de problemas. Médicos de saúde pública ressalvam que os contactos não deixam de ser feitos, encontrando-se, de uma forma geral, uma solução.

DGS diz que há várias regiões do país com ""um número relativamente grande de pessoas vindas de fora"
Foto
DGS diz que há várias regiões do país com ""um número relativamente grande de pessoas vindas de fora" Rui Gaudêncio

O presidente da Associação Nacional dos Médicos de Saúde Pública, Ricardo Mexia, reconhece a existência de alguns problemas no contacto que as entidades de saúde têm de fazer para o seguimento de casos no âmbito da covid-19, quando em causa estão números estrangeiros. Embora não considere, para já, a situação “preocupante”, Ricardo Mexia admite que o problema já poderia ter sido resolvido, de forma que os profissionais tenham à disposição mais equipamentos, aptos para fazerem qualquer tipo de chamada. As entidades de saúde responsáveis por estes contactos negam, porém, a existência de dificuldades.