Europeus querem voltar à escola apesar da covid-19, nem que seja preciso serrar as mesas

Medidas para o recomeço das aulas no básico e secundário são muito diferentes de país para país, desde a dimensão das turmas ao uso obrigatório de máscara.

saude,educacao,mundo,escolas,alemanha,europa,
Fotogaleria
Professores e pessoal auxiliar fazem testes de despistagem do coronavírus em Itália LUSA/MATTEO CORNER
saude,educacao,mundo,escolas,alemanha,europa,
Fotogaleria
Preparação de uma escola em Itália, para o regresso das crianças LUSA/Matteo Corner
saude,educacao,mundo,escolas,alemanha,europa,
Fotogaleria
REUTERS/Kai Pfaffenbach Escola secundária em Hanau, na Alemanha

Em Itália há escolas prontas a serrar mesas e bancos corridos para se conseguir distância entre alunos. Na Alemanha são oferecidos testes gratuitos aos professores. Em Espanha, além dos professores, alunos do secundário planeiam greves por acharem que as medidas são insuficientes. Em França, pede-se aos avós que não vão buscar os netos à escola.