Análise a bases de dados sobre covid-19 detecta valores negativos

Investigadores em Portugal detectaram erros e discrepâncias nas informações sobre covid-19 após a análise a bases de dados da Organização Mundial da Saúde, do Centro Europeu para o Controlo e Prevenção de Doenças e do Centro Chinês para o Controlo e Prevenção de Doenças.

covid19,coronavirus,oms,ciencia,china,doencas,
Foto
Unidade de Cuidados Intensivos do Hospital de São João para doentes covid, no Porto Manuel Roberto

Se precisarmos de consultar os dados sobre o número de mortes por covid-19 num determinado dia e país e se procurarmos este valor nas bases de dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), do Centro Europeu para o Controlo e Prevenção de Doenças (ECDC, na sigla em inglês) e do Centro Chinês para o Controlo e Prevenção de Doenças, o desejável é que se encontre o mesmo valor nas diferentes entidades consultadas, certo? É o desejável, mas pode não ser o que realmente acontece. Dois investigadores do Instituto Superior de Estatística e Gestão de Informação, da Universidade Nova de Lisboa, “varreram” os registos com a ajuda de novas ferramentas tecnológicas e detectaram “fortes discrepâncias”.