Covid-19 em Portugal: uma morte nas últimas 24 horas, casos activos descem há nove dias

Das novas infecções desta terça-feira, aproximadamente 61% foram registadas em Lisboa e Vale do Tejo. Único óbito do dia foi registado no Norte.

Infecção
Foto
Paulo Pimenta

Portugal registou esta terça-feira mais uma morte e 112 casos de infecção (um aumento de 0,2%). Os números da pandemia são agora 1739 mortes e 51.681 casos confirmados desde Março — num total de 12.620 casos activos, menos do que os 12.720 de segunda-feira e uma uma descida que se arrasta há já nove dias consecutivos. Há também a reportar 207 casos de recuperação nas últimas 24 horas, num total de 37.318, de acordo com o boletim diário da Direcção-Geral da Saúde (DGS). 

Existem, neste momento, 401 pessoas internadas (mais 11 do que na segunda-feira) — 44 destas estão nos cuidados intensivos (mais duas).

Das novas infecções desta terça-feira, aproximadamente 61% foram registadas em Lisboa e Vale do Tejo. Esta região continua a ser a que concentra maior número de casos de infecção (26.457) e óbitos (606).

A única morte registada no boletim diário da DGS ocorreu na região Norte, onde estão 17% dos novos casos diários. Deste o início da pandemia, esta região registou 18.816 casos de infecção e 829 óbitos.

A zona Centro teve mais dez casos de infecção, o Alentejo mais um e o Algarve mais nove. Nas ilhas, os Açores registaram mais um caso e a Madeira mais quatro. Todas estas regiões mantiveram o número de óbitos do boletim de segunda-feira. 

O óbito registado nas últimas 24 horas correspondeu a uma mulher com idade compreendida entre os 70 e os 79 anos. A distribuição das vítimas mortais por género é praticamente homogénea: das 1739 mortes, 869 correspondem a pessoas do sexo masculino e 870 ao sexo feminino.

A covid-19 é mais mortal nas faixas etárias mais avançadas: 1165 vítimas tinham 80 ou mais anos e 338 mais de 70 anos, 86% do total de mortes provocadas pelo vírus. 

Sugerir correcção