Prisão preventiva para homem suspeito de matar mulher a tiro na rua em Esmoriz

De acordo com os Bombeiros, o homem de 79 anos terá baleado a esposa de 57 anos, tendo o óbito sido declarado no local.

violencia-domestica,esmoriz,sociedade,crime,
Foto
Adriano Miranda

O homem suspeito de na sexta-feira ter matado a tiro a mulher numa rua em Esmoriz, Ovar, no distrito de Aveiro, vai aguardar o desenrolar do processo em prisão preventiva, informou este sábado fonte policial.

O homem, de 79 anos, foi presente esta manhã a primeiro interrogatório judicial no Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Aveiro, tendo-lhe sido decretada a medida de coação mais gravosa.

O crime ocorreu na sexta-feira, cerca das 9h30, na Estrada Nacional 109, em Esmoriz, junto ao local de trabalho da vítima.

De acordo com os Bombeiros, o homem terá baleado a mulher de 57 anos duas vezes, na barriga e na cabeça, tendo o óbito sido declarado no local.

Fonte da GNR disse à Lusa que não havia qualquer registo relacionado com crimes de violência doméstica envolvendo o casal.

O alegado homicida foi retido no local por pessoas que estavam por perto até à chegada da GNR.

Sugerir correcção