Percebes: maravilhas de um hermafrodita no prato e no mar

Um chef e uma bióloga partilham à mesa os mistérios dos percebes na gastronomia e na ciência.

Teresa Cruz, bióloga e investigadora no Laboratório de Ciências do Mar, dedica-se ao estudo do percebe há 30 anos. Bertílio Gomes, chef da Taberna Albricoque, conhece bem esta iguaria a que basta acrescentar água, sal e uma fervura de dois minutos.

Desafiámos os dois para uma conversa e uma prova peculiares: o chef inventou um prato com percebes e a investigadora apontou os mistérios impenetráveis por trás daquele sabor único.

Veja aqui mais sobre esta "forma diferente de comer percebes".

 

Sugerir correcção