Medicina: Mais raciocínio clínico mas pouco tempo para fazer a prova que substituiu o “Harrison”

Realizaram a primeira Prova Nacional de Acesso 2587 candidatos. Novo exame substituiu o tão conhecido “Harrison”, para a escolha da especialidade médica.

Foto
A Prova Nacional de Acesso fez-se pela primeira vez a 18 de Novembro de 2019 Adriano Miranda

Mais raciocínio clínico e médicos mais satisfeitos mas a queixarem-se de pouco tempo para realizar a Prova Nacional de Acesso, que veio substituir o tão conhecido “Harrison”, para a escolha da especialidade médica. A nova prova, que substituiu o exame que durante quatro décadas seriou os candidatos, realizou-se pela primeira vez no ano passado a 18 de Novembro. A primeira análise à satisfação dos jovens médicos é apresentada esta segunda-feira.