António Costa e o (não) milagre português

Em Março, foi criado um barómetro para avaliar a gestão da crise pandémica. Governo tem tido sempre nota positiva, mas com o desconfinamento começou uma nova fase.

portugal,antonio-costa,servico-nacional-saude,governo,espanha,virus,
Fotogaleria
LUSA/ANTÓNIO COTRIM
portugal,antonio-costa,servico-nacional-saude,governo,espanha,virus,
Fotogaleria
LUSA/MÁRIO CRUZ
portugal,antonio-costa,servico-nacional-saude,governo,espanha,virus,
Fotogaleria
LUSA/MANUEL DE ALMEIDA

O primeiro-ministro português atravessou o pico da pandemia no pico das sondagens. Tanto nas eleitorais, que continuam a dar o PS próximo da maioria absoluta, como nas que avaliam a popularidade dos líderes. Sucessivos barómetros publicados nos últimos três meses e meio mostram que os portugueses concordam com a gestão que António Costa e o seu Governo fizeram da crise. Mas há um novo ciclo, avisa o politólogo António Costa Pinto.