Torne-se perito

Há protesto e esperança no grito lançado pelos Sault

É tanto celebração, quanto um toque a reunir. É a banda-sonora primordial destes tempos turbulentos quando o movimento Black Lives Matter se encontra nas ruas. Eis o álbum Untitled (Black Is) dos enigmáticos Sault.

ipsilon,fka-twigs,buraka-som-sistema,kanye-west,culturaipsilon,musica,
Foto

O ano passado, do nada, um misterioso grupo chamado Sault, de quem nunca alguém ouvira falar, lançou dois álbuns, intitulados 5 e 7. Os discos foram iniciativa de uma pequena editora inglesa independente, a Forever Living Originals, mas a identidade dos músicos não era revelada. Depois do entusiasmo de alguma imprensa mais atenta, os discos acabaram por obter alguma visibilidade, mas longe do merecido. Não só em termos sonoros eram obras amadurecidas (mistura de funk, soul, dub ou afrobeat) como as canções resultavam apaixonantes, com letras que dissecavam estruturas racistas, questionando desigualdades ou privilégios naturalizados.