Covid-19: abertura de Lisboa vai exigir resposta mais rápida aos novos casos

Apesar de contar com mais de 90% dos novos casos, a Área Metropolitana de Lisboa vai mesmo desconfinar e juntar-se ao resto do país no regresso à normalidade. A resposta deverá passar pela rapidez de reacção.

covid19,coronavirus,recuperacao,saude,politica,virus,
Fotogaleria
Nuno Ferreira Santos
covid19,coronavirus,recuperacao,saude,politica,virus,
Fotogaleria
Nuno Ferreira Santos
covid19,coronavirus,recuperacao,saude,politica,virus,
Fotogaleria
Nuno Ferreira Santos
covid19,coronavirus,recuperacao,saude,politica,virus,
Fotogaleria
Nuno Ferreira Santos

Nesta segunda-feira, o país deixa de navegar a duas velocidades e as regras e limitações associadas ao desconfinamento passam novamente a ser iguais para todo o país. Apesar de cerca de 90% dos novos casos de covid-19 continuarem a ser identificados na Área Metropolitana de Lisboa, o Governo mantém a intenção de retirar o travão imposto à região e apostar na velocidade de resposta. É que ainda que o combate à pandemia tenha mais comparações a maratonas do que a corridas, a rapidez deverá ser a chave da próxima fase.