Crise nos eventos: “Fui a psicóloga e o caixote do lixo também”

Primeira a chegar e muitas vezes a última a sair, a organizadora de eventos viu a vida virada do avesso pelo confinamento.

Foto
“A nossa vida virou do avesso”, confessa Joana Conde Rui Gaudêncio

Ainda não bateram as nove da manhã e Joana Conde já está no escritório da Iguarias do Tempo, na Quinta das Silveiras, em Leiria. A empresária começa o dia com um batido, vê os e-mails e organiza a agenda, enquanto os colaboradores começam a chegar ao escritório.

Sugerir correcção