Plantéis dos clubes de futebol começam neste domingo os testes à covid-19

Equipas do FC Porto, Portimonense, Gil Vicente e Famalicão foram os primeiros a ser submetidos aos exames.

O plantel do FC Porto foi um dos testados
Foto
O plantel do FC Porto foi um dos testados LUSA/ESTELA SILVA

Os plantéis do Portimonense, Gil Vicente, Famalicão e FC Porto são os primeiros a serem testados à covid-19, ao abrigo do protocolo estabelecido para o reinício da I Liga de futebol.

A Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) refere, em comunicado, que com o aproximar do regresso da I Liga “aumenta, também, a necessidade de garantir que este processo é efectuado com a maior segurança possível”.

“Nesse sentido, este domingo marca o arranque da primeira fase de testagem obrigatória, antes de cada jogo, em que todos os plantéis serão submetidos a uma ronda de testes, com um período de antecedência de 72 horas a cada encontro”, refere a nota.

Como os primeiros jogos a realizar na quarta-feira são o Portimonense-Gil Vicente (19h) e Famalicão-FC Porto (21h15), os plantéis destas quatro equipas são neste domingo submetidos aos primeiros testes obrigatórios de rastreio à covid-19.

A LPFP recorda ainda que, antes da “jornada de retoma, será ainda realizada uma segunda ronda de testes, que se vai realizar 24 horas antes de cada encontro, tal como está consagrado no Plano de Retoma Progressiva da Competição, elaborado com directrizes da Direção-Geral da Saúde”.

A I Liga vai ser reatada sob fortes restrições e sem público nos estádios na quarta-feira, com o encontro entre Portimonense e Gil Vicente (19h), naquele que vai ser o primeiro dos 90 jogos das últimas 10 jornadas, até 26 de Julho.

Após 24 jornadas, o FC Porto, que também na quarta-feira defronta o Famalicão, pelas 21h15, lidera a competição, com 60 pontos, mais um do que o campeão Benfica.

Além do principal escalão, também a final da Taça de Portugal, entre Benfica e FC Porto, integra o plano de desconfinamento face à pandemia de covid-19, ainda em data e local a designar.