Lisboa

O caderno de Tomás, antes dos esboços saltarem para um mural em Benfica

Tomás Reis
Fotogaleria
Tomás Reis

A tinta é de Edis One e Pariz One, mas a arte do novo mural de Benfica é partilhada com Tomás Reis. Numa das paredes da freguesia onde moram, os dois artistas urbanos pintaram antigos e actuais moradores, que o arquitecto e urban sketcher primeiro esboçou, a azul e vermelho, num caderninho.

Tomás chama-lhe "uma peça democrática". "É raro o projecto de arte urbana que começa desta forma", explica. As 15 figuras retratadas foram seleccionadas através de uma votação na página de Facebook da junta, em que a comunidade elegeu actores, cantores, atletas e escritores com ligação à freguesia. "Mostra o caminho a seguir, em que os cidadão decidem quem querem ver nas ruas", diz.

Sessenta metros pintados em três dias "foram curtos para tantas figuras propostas", sublinha Tomás, o que "prova a relação afectiva das pessoas à freguesia, ao território, ao bairro", onde o arquitecto também cresceu e onde ensina, voluntariamente, desenho no espaço cultural montado no Palácio Baldaya.  

Os retratos de locais e de 15 figuras portuguesas, entre elas o compositor e guitarrista Carlos Paredes, os actores Vasco Santana, António Feio e Beatriz Costa e o humorista Nuno Markl, foram gravados na Rua das Garridas, em Lisboa, para todos que por ali passam. Por aqui, ficam os desenhos originais, para todos que os queiram ver.

Gostas de fotografar e tens uma série que merece ser vista? Não consegues parar de desenhar, mas ninguém te liga nenhuma? Andas sempre com a câmara de filmar para produzir filmes que não saem da gaveta? Sim, tu também podes publicar no P3. Sabe aqui o que tens de fazer.

Tomás Reis
Tomás Reis
Tomás Reis
Tomás Reis
Tomás Reis
Tomás Reis
Tomás Reis
Tomás Reis
Tomás Reis
Tomás Reis
Tomás Reis
Tomás Reis
Tomás Reis
Tomás Reis
Tomás Reis
Tomás Reis
Sugerir correcção