China não regista qualquer caso de covid-19 pela primeira vez desde o início da pandemia

O número de casos confirmados desde o início da pandemia mantém-se, tal como na actualização anterior, nos 82.971. Mantém-se, também, o número de mortos - 4.634.

covid19,coronavirus,mundo,china,
Foto
A China tem estado em recuperação no estado da pandemia LUSA/ALEX PLAVEVSKI

A China não diagnosticou, nas últimas 24 horas, qualquer novo caso confirmado de covid-19, algo que acontece pela primeira vez desde o início da pandemia.

A Comissão de Saúde da China detalhou que apenas detectou dois casos suspeitos até às 23h59 de sexta-feira, um em Xangai e outro na província de Jilin, que faz fronteira com a Rússia e a Coreia do Norte.

O número total de casos activos na China é de 79, nove deles graves, e o número de casos confirmados desde o início da pandemia mantém-se, tal como na actualização anterior, nos 82.971. Mantém-se, também, o número de mortos - 4.634.

Desde Março, assistiu-se a uma queda dos casos de contágio local na China, com as restrições à circulação de pessoas, mas a Reuters refere que continuou a haver casos importados, envolvendo, principalmente, cidadãos chineses que regressam do estrangeiro.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 335 mil mortos e infectou mais de 5,1 milhões de pessoas em 196 países e territórios. Mais de 1,9 milhões de doentes foram considerados curados.

Em Portugal, morreram 1.289 pessoas das 30.200 confirmadas como infetcadas, e há 7.590 casos recuperados, de acordo com a Direcção-Geral da Saúde.

Sugerir correcção