Opinião

Uma vénia a Bruno Nogueira

Bruno Nogueira levou dois meses a celebrar os amigos e a transmitir o aconchego dessa cumplicidade quando o país mais sentia a sua falta. Esse foi o segredo do seu sucesso, e mereceu-o por inteiro.

Portugal é um país estranho, onde os melhores humoristas com menos de 66 anos têm todos um metro e noventa e quatro. Não sei se há alguma explicação para isso, mas eu gostava que houvesse. Um dos humoristas não necessita de apresentações. O outro é Bruno Nogueira. Já muito foi dito e escrito sobre o fenómeno Como É que o Bicho Mexe, nascido como simples desabafo existencial no Instagram em tempos de pandemia, e que rapidamente infectou o país com um R0 muito superior à da covid-19, até atingir os números estratosféricos da última edição, na passada sexta-feira.