Turismo do Centro convida portugueses a “sentir tudo como se fosse a primeira vez”

Campanha “Chegou o tempo” foi lançada esta segunda-feira, em Aveiro, e tem um carácter “motivacional”, “patriótico” e de “apelo à cidadania”.

regiao-centro,fugas,aveiro,coimbra,turismo,
Foto
Nelson Garrido

É altura de “irmos à procura do que gostamos de fazer e já não fazemos há muito tempo”, de nos focarmos “na possibilidade de viajarmos de carro, em família” e de retomarmos “o contacto com o ar livre, a natureza e o mar”, exorta Pedro Machado, presidente do Turismo do Centro. Em dia de reabertura dos restaurantes e bares, a região turística que abrange 100 municípios do Centro de Portugal lançou uma campanha promocional dirigida ao mercado interno, desafiando-nos a “sentir tudo como se fosse a primeira vez”. A acção “Chegou o tempo” pretende ser, simultaneamente, “motivacional”, “patriótica” e apelar “à cidadania”.

“É tempo de ajudarmos os portugueses”, realça Pedro Machado, lembrando que cada reserva nos hotéis e nos restaurantes está “a ajudar as empresas na retoma” da sua actividade. Ainda que reconheça que há quem tenha perdido, por força da pandemia, capacidade financeira, o dirigente do Turismo do Centro recorda que “há portugueses que habitualmente fazem férias no exterior e que este ano têm o dever e a obrigação de fazerem férias cá”.

Num ano em que o acesso às praias vai estar condicionado, entre outros constrangimentos no acesso aos espaços públicos, importa deixar também bem vincada a necessidade de “as pessoas serem cívicas”. “É um apelo à cidadania”, vinca Pedro Machado, a propósito dos pressupostos que estão na base da campanha que vai agora começar a circular na comunicação social e nas redes sociais – em Julho, o Turismo do Centro irá lançar uma outra acção destinada ao mercado espanhol – e que está orçada em 283 mil euros, sendo co-financiada pelo Centro 2020.

Parte dos empreendimentos já abriu ao público

Em dia de apresentação da nova campanha, em sessão realizada no Museu de Santa Joana, em Aveiro – que também reabriu esta segunda-feira ao público , o Turismo do Centro anunciou que 40% dos empreendimentos turísticos da região já reabriram. De acordo com o levantamento feito por esta região turística, 33,7% estimam abrir até 15 de Junho e 26,3% apontam a reabertura a partir dessa data.

Da parte da entidade turística, fica a promessa de reabrir todos os postos de turismo da região a 1 de Junho, sendo que os de Aveiro e Fátima já vão na frente  reabriram, exactamente, esta segunda-feira.

Relativamente ao selo “Clean&Safe”, criado pelo Turismo de Portugal para assegurar que os estabelecimentos respeitam as disposições de combate à covid-19 –, o Centro tem já “mais de 600 selos distribuídos”.

Também Ribau Esteves, presidente da câmara de Aveiro, fez questão de deixar o desafio para sermos “turistas na nossa terra”. “O convite passa por voltarem à cidade de Aveiro, à região de Aveiro, à região Centro, ao nosso Portugal”, sublinhou o autarca.

Sugerir correcção