Opinião

D. Manuel Vieira Pinto, um homem raro

Tive o privilégio de o conhecer. O antigo Bispo de Nampula era um homem superior, permanentemente animado por um propósito maior: a defesa do Homem.

“‘Porque é que você, que é Bispo, quando vem falar comigo nunca me fala de Deus e da religião, mas do povo, da defesa dos seus direitos e da sua dignidade?’, perguntou o Presidente Samora Machel a D. Manuel Vieira Pinto. ‘Porque um deus que precisasse da minha defesa seria um deus que não é Deus. Deus não precisa que O defendam. O Homem sim’, respondeu D. Manuel.”