25 de Abril

Todos juntos, mas separados: por todo o país cantou-se Grândola, vila morena

Este ano foi diferente: pela primeira vez, o 25 de Abril não se viveu nas ruas. Devido à pandemia de covid-19, as comemorações oficiais do 25 de Abril — como manifestações, concertos, exposições ou debates — foram canceladas. Mas o facto de os portugueses estarem confinados às suas casas não os impediu de festejar.

Às 15h, um pouco por todo o país, os portugueses foram à janela cantar Grândola, vila morena, a canção escolhida pelo Movimento das Forças Armadas, há 46 anos, para ser a segunda senha de sinalização da Revolução dos Cravos. 

Sugerir correcção