Ministro do Ambiente diz que prevenção de incêndios é “um serviço essencial”

Matos Fernandes alerta para a importância de continuar a limpar as florestas quando se aproxima a época de incêndios.

Matos Fernandes
Foto
Matos Fernandes LUSA/JOSÉ COELHO

O ministro do Ambiente e da Acção Climática lembrou nesta segunda que a prevenção estrutural contra incêndios é “um serviço essencial” em tempos de pandemia da covid-19 que “não pode parar”.

Num vídeo colocado na Internet, João Pedro Matos Fernandes alertou os proprietários de terrenos rurais “que têm de continuar a fazer o corte do mato que existe nas suas propriedades” e também “às empresas contratadas pelos proprietários para fazer esse trabalho”.

“Portugal não pode parar. Portugal não vai parar. Sabemos bem o que está a acontecer com a pandemia, peço a todos e desejo que todos tenham sempre muito cuidado naquilo que é o cumprimento das regras de segurança e das regras e de higiene para que continuem a trabalhar sem serem contagiados”, acrescentou.

Matos Fernandes afirmou ainda que desse trabalho “resulta mesmo não só um território mais rico e mais biodiverso, como resulta também uma redução significativa do risco de incêndios para o Verão que aí virá”.

Sugerir correcção