Coronavírus: 245 casos, mais 76 do que ontem. Nove pessoas nos cuidados intensivos

Balanço feito este domingo pela Direcção-Geral da Saúde. Número de cadeias de transmissão sobe para 14, mais três do que no sábado.

O Hospital de S. João, no Porto, teve o primeiro doente recuperado.
Foto
Hospital de S. João, no Porto Adriano Miranda

Há 245 pessoas infectadas pelo novo coronavírus em Portugal, anunciou este domingo a Direcção-Geral de Saúde. São mais 76 casos do que no último balanço, de sábado. Nove pessoas estão internadas nos cuidados intensivos, menos uma do que no sábado.

Há agora 14 cadeias de transmissão activas, mais três do que no sábado.

A aguardar resultado laboratorial há 281 casos e 4592 contactos estão a ser vigiados pelas autoridades de saúde. A actualização feita pela DGS avança ainda que há dois doentes recuperados. Há 139 pessoas internadas.

Segundo os dados, actualizados às 11h deste domingo, Lisboa e Vale do Tejo concentra pela primeira vez a maioria dos casos: são 116, mais 13 do que a região Norte. Centro e Algarve registam dez casos, os Açores têm agora o primeiro doente infectado pelo novo coronavírus. Cinco casos foram registados em pessoas com residência no estrangeiro. O Alentejo e a Região Autónoma da Madeira são agora as únicas sem casos registados pela DGS.

Siga em directo

Há 47 casos importados do estrangeiro, dos quais 16 são de Espanha, 14 de Itália e cinco da Suíça.

Entre os doentes infectados estão os casos de um menino com menos de dez anos e de 25 jovens entre os 10 e os 19 anos. Existem cinco casos de doentes infectados acima dos 80 anos e 17 entre os 70 e os 79.

É entre a população com idades entre os 30 e os 39 anos que se registam mais casos (55) de doentes infectados, segundo o boletim da DGS, que indica a existência de 53 casos entre os 40 e 49 anos e 43 casos entre os 50 e os 59 anos.

Há ainda registo de 28 casos entre os 20 e 29 anos e 18 entre os 60 e 69 anos.

O último balanço da DGS, de sábado, dava conta de 169 casos confirmados, mais 57 do que na sexta-feira.

Desde 1 de Janeiro de 2020, houve um total 2271 casos suspeitos. Houve 1746 casos infirmados pelas análises.

Sugerir correcção