Torne-se perito

Número de pessoas com demência em Portugal vai mais do que duplicar até 2050

Aumento significativo do número de pessoas com mais de 70 anos e, em particular, das pessoas com mais de 85 anos, contribuirá para subida.

Eduardo Jorge
Foto
Associação refere que os dados são "muito alarmantes" e que é preciso apostar na prevenção Nuno Ferreira Monteiro

O número de pessoas com demência em Portugal em 2050 será mais do dobro do que actualmente, atingindo 3,82% da população. Os valores ultrapassam a tendência europeia, segundo dados de um relatório divulgado nesta terça-feira.

Apesar do diminuição populacional prevista para Portugal, o número de pessoas com demência irá mais do que duplicar: de 193.516 em 2018 (1,88% da população) para 346.905 em 2050 (3,82% da população), indica o relatório divulgado nesta terça-feira pela Alzheimer Europe durante um almoço-debate do Parlamento Europeu organizado por Christophe Hansen, eurodeputado do Luxemburgo.

Em comunicado, a Alzheimer Portugal refere que o país “ultrapassa a tendência europeia com os números quase a duplicar em 2050”. “Um factor determinante desta mudança será um aumento significativo do número de pessoas com mais de 70 anos e, em particular, a faixa das pessoas com mais de 85 anos, a qual mais do que duplicará entre 2018 e 2050”, refere o documento.

Para Rosário Zincke dos Reis, membro da direcção nacional da Alzheimer Portugal, “estes dados são muito alarmantes não havendo tempo a perder na criação e implementação de políticas para as pessoas com demência e seus cuidadores”.

“Estas políticas terão, naturalmente, que incluir forte aposta na prevenção, a provável responsável pelo decréscimo da prevalência na Europa, conforme resulta do estudo apresentado pela Alzheimer Europe”, afirma Rosário Zincke dos Reis no comunicado.

Combater a iliteracia e mudar a forma como as pessoas vêem a demência tem sido a luta da Alzheimer Portugal, nomeadamente através da sua campanha Amigos na Demência, parte do Movimento Global Dementia Friends.

O relatório Alzheimer Europe espelha os resultados da análise colaborativa dos estudos de prevalência recentes, revelando os índices actualizados da prevalência da demência na Europa.

Sugerir correcção