,Paz verde
Reuters/YVES HERMAN

O Acordo de Paris foi um marco. Agora, espera-se que se cumpra

Houve uma grande alegria quando foi adoptado o Acordo de Paris, para limitar as emissões de gases com efeito de estufa. Mas passados quatro anos o mundo ainda não está no caminho certo para cumprir as metas ali estabelecidas. Este é o 14.º trabalho da série 20 Dias que Marcaram a Década.

Naquele momento houve uma explosão de alegria na sala. O ministro dos Negócios Estrangeiros francês, Laurent Fabius, que presidia à 21.ª Conferência das Partes (COP) da Convenção-Quadro das Nações Unidas, em Paris, em 2015, anunciava o fim da sessão em que fora adoptado o primeiro documento em que todos os países do mundo se comprometiam com metas climáticas. O Acordo de Paris tinha acabado de ser aprovado e o sentimento era de euforia, mas os anos que se seguiram provaram que ainda estava quase tudo por ganhar.